quinta-feira, 19 de junho de 2014

V Simpósio Internacional de Letras Neolatinas
Apresentação: Ao propor “Identidades, Fronteiras, representações” como tema central de reflexão do V Simpósio de Letras Neolatinas (V SILEN), a Comissão Organizadora desse evento intenciona criar um espaço de discussão em torno das questões que fazem parte dos debates culturais da atualidade. Num mundo em transformação, caracterizado pela comunicação instantânea sem restrições, em que ocorre o fenômeno dos trânsitos, dos contatos e dos intercâmbiosi humanos e culturais generalizados, e a reprodução infinita de imagens e palavras, torna-se necessário revisar as noções de identidade, fronteira e representação, consolidadas pela modernidade. Os termos mencionados no tema central do projeto fazem parte do léxico essencial dos debates da nossa época de mudanças. O V SILEN reúne num enunciado noções relacionadas e em constante interpretação por parte do pensamento contemporâneo, na Europa e na América Latina, assim como no Brasil, lugar em que os temas aqui propostos veem sendo discutidos vigorosamente tanto no âmbito acadêmico quanto na produção literária, na qual tem um lugar de destaque a obra do escritor Luiz Ruffato. O evento que acontecerá em 2014 também pretende recordar Miguel de Unamuno, na ocasião em que se comemoram os cento e cinquenta anos do seu nascimento. A paradoxal e complexa figura intelectual do escritor espanhol, além do valor extraordinário da sua obra ensaística e ficcional, não perdeu atualidade. Unamuno é o nosso contemporâneo, uma vez que a sua obra riquíssima possibilita a discussão da maioria dos problemas do tempo presente. A sua trajetória como intelectual comprometido com as causas da época em que viveu faz do escritor, ainda, um ponto de partida válido para pensar o papel do homem de letras e das letras para o homem na atualidade. Unamuno percebeu, como outros escritores e pensadores das primeiras décadas do século XX, os signos da crise que afetava profundamente as certezas com que o homem moderno construiu a identidade e a noção de sujeito. Se por um lado, a obra de Unamuno se volta para o passado, por outro, ela se coloca do lado das inquietações vanguardistas das primeiras décadas do século XX. O tema das “fronteiras” ressoa nas suas reflexões sobre os territórios da língua, da cultura, da história, da ficção, da filosofia, das identidades e imaginários regionais e nacionais. A problemática das “representações” atravessa o pensamento unamuniano, e continua sendo um assunto crucial das indagações contemporâneas no atual mundo da hipercomunicação instantânea, dos múltiplos jogos dos imaginários, dos simulacros e da produção de imagens que estimula os trânsitos temporais e espaciais, quando se tornam problemáticas as fronteiras entre o real e a tentativa de representá-lo, como se manifesta exemplarmente, no Brasil, na obra de Luiz Ruffato. A propósito de Unamuno podemos dizer que ele é uma síntese de uma época e um estímulo para pensar o nosso presente. É possível retomar ainda as palavras escritas por Jorge Luis Borges em ocasião do falecimento, em 1936, do escritor espanhol: “não conheço uma homenagem melhor que prosseguir as ricas discussões iniciadas por ele (...)” Objetivo: O V SILEN, tomando como base a estreita relação entre as noções de identidades, fronteiras e representações, visa propor uma ampla discussão sobre os temas essenciais da nossa área de conhecimento, os estudos de Língua, Ensino de Língua, de Literatura e outras manifestações artístico-culturais. O V SILEN propõe-se: 1.divulgar os projetos desenvolvidos pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas e por outras universidades brasileiras e estrangeiras; 2.renovar contatos com pesquisadores de outros centros de pesquisa, com intuito de incentivar a formação de grupos de pesquisa integrada em nível nacional e internacional; 3.propiciar a participação dos alunos de Graduação dos Cursos de Letras, especialmente dos bolsistas de Iniciação Científica, numa atividade acadêmica organizada pelo Departamento de Letras Neolatinas. Público: O evento espera atingir diversos tipos de público: 1.O público universitário diretamente envolvido nas pesquisas desenvolvidas pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas, a saber, docentes e orientadores de tese, bem como alunos de Mestrado e de Doutorado; 2.Pesquisadores de outras áreas e de outras universidades interessados nas investigações acerca dos processos de produção e de difusão do saber; 3.Estudantes em nível de pós-graduação, na área de Ciências Humanas; 4.Profissionais da área de Ciências Humanas. Data e Local: Locais de realização do evento: Sessão solene de abertura: Auditório Roxinho, no Centro Cultural Professor Horácio Macedo da UFRJ. Outras atividades: Faculdade de Letras da UFRJ. Período: de 13 a 16 de outubro de 2014. Acesso em http://www.letras.ufrj.br/neolatinas/vsilen/

Nenhum comentário:

Postar um comentário